Muita cor com Leiga na fachada de Abril!

Pois é, o mês de número 4 já chegou ! E temos a honra de apresentar Jack Neto, a.k.a Leiga, na fachada da El Cabriton. Leiga tem 30 anos e 1,88m de altura. É artista visual e começou sua trajetória na pichação, em 1996, em Guarulhos-SP, cidade natal. No graffiti, iniciou-se em 1999. Formado em design gráfico pela Escola Panamericana de Arte e Design, atua em diversas áreas de criação: moda, ilustração, graffiti, customização e mídias digitais.

Com forte apelo no mundo lúdico, seu trabalho artístico – apelidado como BUBBLES – mescla elementos concretos e abstratos misturando fontes tradicionais, letras de graffiti e formas geométricas.

Batemos um papo com o verdadeiro, veja a seguir:

Qual a sua lembrança mais antiga em relação à arte?
No primário a professora falando de Tarcila Do Amaral, na aula de educação artística.

Quem você admira?
Minha Mãe e minha Avó.

Você tem mais alguém na sua família que também desenhe ?
Não.

Quando rolou seu primeiro trabalho profissional na área? Como foi?
Nossa, faz muito tempo, o primeiro “grande” foi uma cenografia para o programa do Netinho, acho que em 2003 , e foi a convite de um amigo que trabalhava na produtora, foi algo novo, mas achei que era aquilo que faria pra vida toda…rs

Você pichava quando era mais novo, você sente falta dessa adrenalina? Como pichar se difere de pintar um muro? Qual foi o lugar mais perigoso que você pichou?
Sim, como um bom paulistano comecei na pichação, e curtia e curto até hj, às vezes saio dos rolês tenho latas e picho!!! A Pixação pra mim é algo de mais atitude e de adrenalina total. Quando você está na rua de madrugada com as latas pixando você não pensa em mais em nada… O local mais sinistro que pixei foram prédios, certeza.

Como o processo de criação para uma parede difere de um trabalho digital para você?
Pra falar a verdade, nenhuma, quando foco no digtal tenho a mesma energia que tenho pintando na rua.

Você gosta que pessoas te abordem durante uma pintura na rua?
Sim, é legal! As pessoas falam o que elas estão achando. Às vezes não tem nada a ver com o trampo, mas é uma visão de fora, acho loco isso!

Como foi a experiência de pintar a fachada da El Cabriton? Pintar na Rua Augusta é diferente de pintar em um lugar mais calmo? Como?
Style!!  Augusta é um local que sempre frequentei, está sendo muito louco pintar, muitas pessoas passando, né ? Não pára, frenéticoooooo…

IMG_9753

                                         IMG_9761

Se você pudesse pintar uma parede em qualquer lugar do mundo, qual escolheria?

Egito!

Você acha que a arte contemporânea abraça os artistas que vêm da rua?
Sim, claro! O Graffiti é uma arte contemporânea! Que arte contemporânea é mais original que o Graffiti atualmente no mundo???

Explique um pouco o que são BUBBLES e como elas surgiram.
Bubbles são toda a junção que venho tendo na minha vida, um pouco de pixo, bomb, tipografia, geometria e formas orgânicas. Desenvolvo propostas visuais abstratas na qual o expectador cria suas próprias ilusões sobre a arte. Tenho como objetivo fazer com que o expectador  mergulhe em seus sonhos e se transporte em meio as cores e formas para uma nova realidade.

Displaying bubbles_cam_masc_foto_EC.JPGEstampa “Bubbles” que será lançada na festa da fachada

 Estampa ” Bubbles in Pizza”  feita por Leiga e que será lançada na festa da fachada! 

O que você comeu hoje?
(rsrsrsr)

Qual foi a primeira música que você ouviu hoje?
Foi OTTO, “Filha”

E o último filme que assistiu?
 Se enlouquecer não se apaixone ( piro em filmes românticos kkkkkkk )

two robots ping pong technology

Vermelho ou Azul? Azul.
Fundo Preto ou Branco? Preto.
Analógico ou Digital? Digital.
Canetão ou Spray? Spray.
Rio ou São Paulo? São Paulo (claroooo!!!!!).
Paul Mc Cartney ou John Lennon? X.
Cerveja ou Vodca? Breja.
Dedé ou Didi? XX.
Hitchcock ou Tarantino? Tarantino.
Filme ou Livro? Filme
Tênis ou Chinelo? Tênis
Sheila Melo ou Sheila Carvalho?….
Churrasco ou Salada? Os 2!
Pitfall ou Enduro? Enduro.
Pelé ou Rivelino? Pelé.

Para conhecer mais sobre o Leiga, acesse : http://www.sexysujo.com.br/

Em breve vídeo capturado durante a construção da fachada!

Toda a equipe El Cabriton agradece à Leiga pelo trabalho, dedicação e simpatia!! E também pelo colorido no nosso mês de abril!!

Março é o mês do Fabricio Lima na nossa fachada!

Fabrício Lima é um nômade. Tem 32 anos, 1,65m de altura e nos últimos 10 anos rodou o mundo trazendo na bagagem vivências únicas que com certeza refletem em sua arte. De todos os lugares por onde passou, seu favorito é a terra dos cangurus: “Austrália é um dos paises que mais me fascinou. O modo de viver das pessoas, da tranquilidade, viver lá é muito bom. Tudo muito parecido com o Brasil, mas claro, mais segurança, etc…”

No mês de março, o destino ele foi a esquina da Rua Augusta com a Alameda Jaú, para nossa sorte. Além da fachada de março, Fabrício é autor de 2 estampas recém-lançadas, de um vídeo clipe da banda Young Galaxy e participou de um projeto que projetou imagens na igreja da Sagrada Família de Barcelona, dentre diversos outros projetos legais.

ffnovas2
Look Here Comes The Sunrise (leia sobre AQUI) e Home is where the churros Are ( em breve no site)

Confira o papo que batemos com Fabrício durante sua semana aqui:

Qual a sua lembrança mais antiga em relação à arte?
Hmm, dificil pergunta hehe… eu gostava de olhar livros cientificos, com ilustrações bem feitas sobre celulas humanas. Eu sempre fui obcecado por ciência e arte, espaço, etc..

Quem você admira?
David O’reilly, animador e diretor. Eu já o admirava faz tempo e depois que conheci ele pessoalmente, quando eu vivia em Aarhus/Dinamarca,  fomos tomar cerveja juntos, passei a apreciá-lo mais ainda!

Você tem mais alguém na sua família que também desenhe ?
Não.

Você encontrou barreira culturais em relação aos seus trabalhos em outros países em que viveu?

Creio que a Dinamarca foi o país onde tive o maior choque com relação aos meus trabalhos. Quando fui convidado para trabalhar em um estúdio em Aarhus, aceitei imediatamente, e me mudei em 2 meses para o país gelado, porém os dinamarqueses são mundialmente conhecidos pela sua finesse em design: objetos e soluções clean e funcionais, poucas cores, e com estilo próprio. Nessa parte houve o choque, especialmente quando se trabalha no mercado publicitário, onde o produto “tem de vender” e parecer familiar ao gosto nórdico. E como meus trabalhos geralmente são um pouco caóticos, cheios de cores e detalhes, nada clean… chocou um pouco. No final de tudo, eu aprendi a valorizar um pouco mais design simples, e meus trabalhos foram mais aceitos com o tempo.

O que o mercado do Brasil difere de outros países?
O mercado brasileiro sofre uma atual mudança drástica, em sintonia com a gigante movimentação da nova classe média, que saiu de condições tristes e passa a consumir mais e mais, o que de certa forma é ótimo! Então agora o mercado publicitário sofre esse choque, em tentar manter a fidelidade com clientes e consumidores antigos, mas ao mesmo tempo, tentar “conquistar” essa gigante massa de novos consumidores. Por ser um processo em andamento agora, é dificil dizer qual vai ser o desfecho… a única coisa que me entristece, é que tenho a impressão que o nivelamento para acesso de novos produtos e comerciais, está sendo feito para baixo, desvalorizando a inteligência e capacidade das pessoas, e não incentivando a cultura, etc. Essa me parece ser a tendência no Brasil infelizmente, tanto no mercado publicitário, como jornais, revistas, websites, etc… basta ver como estão sendo feitas as chamadas de notícias, a qualidade das informações e da escrita. Mas vamos ver como será no futuro, como eu disse, agora estamos ainda no meio dessa transição.

Como está sendo morar no Brasil? Estar perto de casa te ajuda ou atrapalha na hora de criar?
Está sendo interessante… porém, depois de viver por anos fora do teu país e conseguir manter um padrão de vida simples e tranquilo, voltar para o Brasil (em especial São Paulo) é sempre um choque. Às vezes me sinto mais estrangeiro aqui do que fora, e outras vezes não. Estar perto de casa sempre é bom, por estar perto da minha familia, etc. Eles sempre me inspiram 🙂

 

Você costuma ouvir música enquanto cria? O quê?
Sim! Às vezes gosto de escutar indie rock, eletrônico, bossa nova… depende muito do tipo de trabalho que estou fazendo, pois o que escuto sempre influencia de alguma forma na criação. Já tentei escutar um música eletrônica agitada enquanto criava um comercial para uma empresa ligada a saúde e o resultado foi um desastre!! rs

Qual a primeira música que você ouviu hoje?
Metronomy – Everything Goes My Way


O que você está pensando agora?
No meu próximo destino 🙂

Qual será? Tem ideia?
Eu to querendo agora escolher um país pequeno, distante, mas ainda não me decidi qual… Eu preciso disso, morar em um lugar pequeno, simples e onde eu possa ter uma vidinha de fazenda.
Uma das minhas músicas favoritas é “Casa no Campo” da Elis Regina 🙂

Como foi sua experiência de pintar a fachada? Como foi o passar dos dias aqui na esquina da Augusta com a Jaú?
Foi uma brilhante experiência! Bom, tirando meu nervosismo inicial, afinal, eu nunca havia pintado um muro antes, ainda mais em um cruzamento tão agitado! Eu sou uma pessoa bem reservada, não gosto de locais com muitas pessoas, e sempre evito ficar na rua por muito tempo (sou meio estressado com isso). Então pintar a fachada colocou em cheque todos esses fatores, e ainda por cima ter seu trabalho em progresso, sendo avaliado por todas as pessoas passando pelo local, agregou uma pressão gigante sobre tudo! Mas isso é bom, artista precisa ser provocado, ser retirado a força da zona de conforto, da tranquilidade das 4 paredes, um tablet e um computador com Photoshop aberto. A necessidade é a mãe das invenções e definitiviamente, o Fabricio de 14 dias atrás, é bem diferente do Fabricio de hoje com relação a essa experiência!

<p><a href=”http://vimeo.com/49960413″>Sagrada Familia (Ode à la vie) – Démo officiel</a> from <a href=”http://vimeo.com/momentfactory”>Moment Factory</a> on <a href=”https://vimeo.com”>Vimeo</a&gt;.</p>

Ping Pong
Vermelho ou Azul? Azul
Fundo Preto ou Branco? Branco
Analógico ou Digital? Analógico
Canetão ou Spray? Canetão
Rio ou São Paulo? São Paulo
Paul Mc Cartney ou John Lennon? John Lennon
Cerveja ou Vodca? Vodka
Dedé ou Didi? Nenhum dos dois, Mussum! 🙂
Hithcock ou Tarantino? Ufff, dificil! Tarantino!
Filme ou Livro? Filme
Tênis ou chinelo? Tênis
Sheila Melo ou Sheila Carvalho? Hahahaha!!! Sheila Melo, por causa do clipe e música bagaceira dela “Agua”. Ela virou diva para mim!
Churrasco ou Salada? Churrasco!
Xuxa ou Angélica? Putz… Xuxa, cultura cult!
Pitfall ou Enduro? Pitfal, always!

Veja o vídeo que capturamos durante a estadia de Fabrício aqui:

Para saber mais sobre Fabrício: http://www.fabriciolima.tv/

Toda a equipe El Cabriton agradece Fabrício pelo trabalho em nossa fachada e pela simpatia em pessoa! Desejamos muito sucesso na sua próxima jornada!

Em fevereiro, Marcio Moreno é o rei!!

Em fevereiro,fevereiro.Têm carnaval, têm carnaval! Opa! Tem não…o carnaval em 2014 é só em março, porém, melhor do que isso, teremos Marcio Moreno na nossa fachada!!

O paulista de Santo André traz para a esquina mais delícia da Augusta seus personagens, traços e cores. Durante essa semana, Márcio usou nossas paredes como sua tela e o resultado você pode conferir dando um pulinho aqui, ou durante a festa de lançamento da fachada!

——ATENÇÃO : POR MOTIVOS ALHEIOS À NOSSA VONTADE A FESTA DA FECHADA FOI ADIADA PARA O DIA 14/02 —–Confirme sua presença e veja mais informações AQUI!!——————–

Abaixo segue nosso bate-papo com o dignissímo, que  participou do baralho do Projeto 54- 4 edição com a carta:

Qual a sua primeira lembrança em relação à arte?
Lembro da primeira exposição! Degas no MASP! Fui com a escola, quando estava no ensino fundamental ainda! Pivete, rs! Muito foda!

De onde vem a inspiração para seus personagens?
Eu busco inspiração nas coisas que vejo, faço e acontece no meu dia-a-dia. Lugares, pessoas, situações, musicas, etc. Vejo muita coisa na internet também, pesquiso muita imagem, vejo bastante trabalhos de outras pessoas isso me ajuda na criação e evolução do meu desenho.

Fale um pouco sobre seu método de criação e plataformas em que trabalha.
Geralmente meu trabalho se inicia com uma pesquisa sobre o que vou desenhar, rascunho, busca de referencias. Depois faço um rascunho final, arte-final (digital, com tablet + Photoshop ou nanquim, pincel ou caneta). As cores aplico geralmente no photoshop. Isso pra trabalhos de ilustração.
Quando é um trabalho mais pessoal, procuro usar os desenhos que faço em meu caderno, que é o que faço no dia-a-dia, fica mais livre e consigo pesquisar mais coisas.

Que tipo de trabalho te dá mais prazer? Você tem uma peça favorita?
Sempre gosto de desenhar no meu caderno apenas por desenhar. Acho que lá tem umas coisas que gosto bastante. É o que eu gosto de fazer. Não tenho um favorito.

Você usa bastante o pontilhismo para preenchimento de suas ilustrações. Você considera essa técnica quase uma terapia?
Não sei bem se é uma terapia, mas eu gosto muito de desenhar e é aonde eu consigo me concentrar, acalmar e me divertir.

Você ouve música enquanto cria?
Escuto música o dia todo quando posso. Muito bom!

04_palhaco

Qual a primeira música que você ouviu hoje?
PROJETONAVE & EMICIDA – ATÉ O FIM SAMPA (NASBASE) – 2014.
Muito respeito!

O que você está pensando agora?
Vou terminar de responder a entrevista e ir na padaria buscar pão.

Em qual lugar do mundo você gostaria de pintar uma parede?
Quero pintar aonde meu trabalho possa encontrar pessoas e situações que me tragam conhecimento. Pra mim e para o outro, criando um diálogo com respeito e simplicidade.

Como se preparou para a fachada da El Cabriton? Fez rascunho?
Eu já tinha esses desenhos engatilhados para pintar na parede, dai quando apareceu a oportunidade já pensei neles.

Pintar na rua é estar sujeito a intromissões e opiniões, isso te incomoda ?
Nem um pouco, quando faço meu trabalho sempre penso no outro. Pra mim, pintar na rua tem uma responsabilidade enorme, o público que me interessa está lá, tento me dedicar para agradar e instigar com muito respeito a todos.

Você acha que pintar na Rua Augusta tem um peso diferente do que pintar em um muro de uma rua menos movimentada?
Acho que o que muda de outros lugares é o público, em relação a quantidade e diversidade. A visiabilidade vai ser maior também, nunca pintei em um lugar com tanto movimento. Vamos ver o que vai dar…rs!

Ping Pong

Vermelho ou Azul? Vermelho
Fundo Preto ou Branco? Branco
Analógico ou Digital? Analógico
Canetão ou Spray? Canetão
Rio ou São Paulo? Nunca fui pro Rio
Paul Mc Cartney ou John Lennon?John Lennon
Cerveja ou Vodca? Cerveja
Dedé ou Didi? Didi
Hithcock ou Tarantino? Tarantino
Filme ou Livro? Livro
Tenis ou chinelo? Chinelo
Carnaval ou retiro espiritual? Skate
Sheila Melo ou Sheila Carvalho? Mello
Churrasco ou Salada? Churrasco
Roberto Carlos ou Tremendão? Roberto Carlos, por causa da minha mãe.
Xuxa ou Angélica? Fada Bela

Flashback de fachadas de 2013

É bem difícil você encontrar a fachada da El Cabriton assim, nua. Pode acontecer entre uma pintura e outra do fundo, mas o que nós amamos mesmo é que nossas paredes sirvam de tela  para a criação dos diversos talentos que passam aqui todo mês. Ao todo já foram mais de 60 nomes que já colocaram suas mãoszinhas, pincéis, stencils, lambes ou canetões aqui. Estamos um pouco atrasados, já é fevereiro, mas recordar é viver e você pode conferir aqui o time todo de 2013.
E ai, tem uma preferida?

 

Janeiro – Magenta King

O ano começou aqui na Augusta com a fachada de Magenta e no mundo com Barack Obama iniciando seu segundo mandato. Nesse mês também, a catarinense que leiloou-sua-virgindade-e-depois-não-deu foi capa da Playboy.

 

 

Fevereiro- Thiago Goms

O simpático gato de Goms estava em nossa fachada no mês em que um meteorito caiu na Rússia assustando o mundo todo. Nesse mês também a cantora Anitta lançou sua música “Show das Poderosas” (que grudou em nossa cabeça e só saiu 3 meses depois). O filme  Argo ganhou o Oscar.

Março- Sarita

A fachada mística de Sarita estava rolando no mês em que o  papa pop, Francisco, assumia seu cargo. Também nesse mês, o presidente venezuelano Hugo Chavez morreu e Neymar assumiu o namoro com Bruna Marquezine durante o carnaval.

Abril- Opala Rosa Choque

Opala Rosa Choque trabalhou por aqui em Abril e nesse mesmo mês  Felipão convocou Seleção Brasileira com algumas “invenções”, segundo os críticos: O treinador deixou Diego Cavalieri e Cássio para chamar o quarto goleiro do Corinthians. No campo da música, Abril foi delicinha pois contou com Pearl Jam, Black Keys, QOTSA, The Killers e outros no Lollapaloza.

Maio- SOMA

Enquanto SOMA estava na área, Ariel Castro estava sendo preso em Cleveland acusado pelo sequestro de 3 mulheres que eram reféns em sua casa há anos. E nós reformamos nossa loja que foi reinaugurada com uma festança de arromba!

Junho- Rômolo

Rômolo estava por aqui, em Junho, quando  a Rua Augusta, São Paulo e o Brasil todo foram tomados por protestos. Nos EUA, Edward Snowen revelou o grande esquema de espionagem feito pelo serviço secreto americano.

Julho- Marc e Magno Costa

Os irmãos Marc e Magno deixaram sua marca por aqui, o Brasil ganhou a Copa das Confederações, a Pamela Anderson completou 46 anos  e a câmara dos deputados arquivou a proposta de Marco Feliciano. Também nesse mês nasceu o bebê real britânico.

Agosto- Karina Toledo

Karina mandou bala em nossa fachada no mês em que Milley Cyrus causou com seu tweerking no VMA e um terrível ataque químico matou muitas pessoas na Síria. O filme dos Smurfs e ” Bling Ring” estreiaram nos cinemas.

Setembro- Chaino

Em setembro, enquanto Chaino trabalhava por aqui, cirurgiões chineses fizeram crescer um “nariz” artificial na testa de um paciente para ser então transplantado e substituir o nariz original, danificado por uma infecção. Tambe´m foi transmitido nos EUA o último capítulo da série Breaking Bad atingindo  recordes de audiência.

Outubro- Estúdio ALMA

Em outubro nossa fachada foi decorada pelo Estúdio ALMA. Nesse mesmo mês, ativistas invadiram o instituto Royal e libertaram mais de 100 beagles que eram usados em testes. Bansky foi morar em NY e espalhou sua produção por toda a  cidade.  Eike Batista começou a ficar pobre.

Novembro- Júlio Vieira

Passamos novembro acompanhados dos traços de Júlio Vieira. Nesse mês tivemos o imenso prazer de conhecer Alexandre de Almeida, o Rei do Camarote. Beck e Blur passaram por aqui durante o Planeta Terra.

Dezembro- Kisso

Kisso coloriu as paredes no mesmo mês em que Nelson Mandela morreu, o cantor Beck foi processado por um ator do filme Bastardos Inglórios por danos à propriedade e as integrantes do Pussy Riot foram libertadas da prisão na Rússia.

 

E a história continua!! Não deixe de acompanhar mensalmente as novas fachadas e de comparecer às nossas festinhas!

Oi, 2014! A primeira fachada é do Bruno Miranda!

Não é que a Terra deu mais uma volta em torno do sol e já está na hora de pendurar a folhinha de 2014 atrás da porta da cozinha?

O ano promete!! A começar pela fachada desse mês que surgiu das mãos do talentosissímo Bruno Miranda. Paulistano de 23 anos, Bruno escolheu o cinza como pano de fundo para seu desenho. Com influências na Pop Art e no Graffiti, construiu seu estilo repleto de cores fortes e frequentes “Head Slipts”.  Bruno, que fez o 2 de Espadas do Projeto 54- 4ª edição e é autor da estampa, “Plets em Cena”  passou 2 dias com suas mãoszinhas em nossas paredes. O resultado você pode conferir aqui em nossa loja durante todo o mês de janeiro.

Conversamos com Bruno para entender melhor o que passa em sua cabeçinha:

Qual a sua primeira lembrança em relação à arte?

Apesar de não lembrar de muitas coisas da minha infância, lembro-me de gostar de desenhar desde criança, mas toda criança gostava de desenhar naquela idade, hahaha. Então a lembrança mais nítida que tenho foi meu gosto por quadrinhos de super heróis, eu amava desenhar todos os que via nos gibis.



 Quais são as coisas ou pessoas que te inspiram?

O que mais me inspira são os desenhos animados, jogos de vídeo game e músicas instrumentais.
Muitos artistas me inspiram também, mas são tantos que nem consigo contar nos dedos, hahaha. 

Que tipo de trabalho te dá mais prazer? Você tem uma peça favorita?

No momento, as ilustrações digitais me proporcionam resultados visuais agradáveis, piro muito em usar cores ácidas, então, o RGB que a tela do computador me mostra contribui pra isso.
Minhas peças favoritas são a “Daft Zombie”, onde fiz o Daft Punk zumbi e a “Father”, onde ilustrei o grande Darth Vader com a cabeça cortada ao meio.

Você é um consumidor de arte? Como as pessoas podem conseguir um trabalho seu?

Sou consumidor de arte sim, apesar de comprar mais jogos de vídeo game do que quadros, hahaha. No momento estou dando um belo up no meu site, então não tenho muitas coisas a venda, mas é possível encontrar alguns trabalhos meus no Inprnt, Schizzibooks Papelaria, Tok&Stok, e é claro, na El Cabriton 🙂

Você ouve música enquanto cria?

Todos os minutos enquanto desenho.

Qual a primeira música que você ouviu hoje?

About You” do XXYYXX .

Em qual lugar do mundo você gostaria de pintar uma parede?

Acho que em Londres e Japão, devido as influências que tive desses lugares na minha infância e adolescência através da internet e conteúdos que eu lia.

Como se preparou para a fachada da El Cabriton? Fez rascunho?

Usei como base a arte que fiz para o baralho da El Cabriton, a partir do rosto de um amigo. Fiz o esboço no Photoshop, tomei umas brejas e parti pro ataque.

Pintar na rua é estar sujeito a intromissões e opiniões, isso te incomoda ?

Apesar de curtir muito pintar na rua, tive poucas experiências como essa, então algumas opiniões muitas vezes te pegam desprevenido, mas depois de algumas horas se tornam paisagem.

O que você já almoçou hoje? O quê?

Arroz, feijão, frango a milanesa, suco de caixinha e Danone de sobremesa 🙂

Ping Pong

Vermelho ou Azul? Turquesa
Fundo Preto ou Branco? Cinza
Analógico ou Digital? Digital com cara de analógico
Canetão ou Spray? Spraynetão
Rio ou São Paulo? Qualquer outro lugar mais tranquilo
Paul Mc Cartney ou John Lennon? John Lennon
Roberto Carlos ou Tremendão? Tremendão
Xuxa ou Angélica? Poutz
Pitfall ou Enduro? Enduro
Mussum ou Zacarias? Mussum
Chaves ou Chapolin? O Chapolin no episódio do Chaves
Oasis ou Radiohead? Radiohead
Sheila Melo ou Sheila Carvalho? Angélica
Churrasco ou Salada? Churrasco
Pelé ou Rivelino? Não acompanhei o futebol, mas gosto mais da sonoridade do nome Rivelino
Pepê ou Nenêm? Angélica 😡

Para entrar em contato com Bruno:

http://cargocollective.com/brunomiranda/
http://www.behance.net/brunomiranda
https://www.facebook.com/brunomiranda.art

Venha trocar uma ideia com ele na festa de lançamento da fachada! Aproveita e toma com a gente um bom suco de cevada e confira os descontos deliciosos!!

Quando? Sexta, 10 de janeiro de 2014
Onde? Rua Augusta, 2008
Que horas? A partir das 20h
Confirme sua presença AQUI!!

Essa fachada fica exposta até o dia 2 de fevereiro, por isso, corra! Veja fotos AQUI!

A equipe El Cabriton agradece imensamente ao Bruno pela dedicação!

Imagens: Bruno Miranda

Conheça a trabalho de Kisso, o dono da fachada de dezembro!

2013 está nos seus últimos últimos suspiros e o décimo segundo nome a colocar suas mãozinhas em nossa fachada é o Kisso, ou Cássio Toshiyoka. Kisso, 36 anos, é artista gráfico e diretor de arte. Desde pequeno ilustrava as experiências de sua infância em Piratininga, interior de São Paulo, em qualquer superfície. Cresceu e seu universo particular passou a permear o do profissional de design, ilustração e arte, propondo mais do que traços, cores e combinações, mas também impacto social, sustentabilidade, emoção e reflexão.  Tem como forte a adoção de madeiras de demolição, descartadas em caçambas da cidade, como suporte para suas obras, mas as realiza também em papel, telas, murais e plataformas digitais com técnicas variadas como aquarela, nanquim, caneta, spray e qualquer outro que a sua criatividade permitir

Batemos um papinho com Kisso. Veja a seguir:

Qual a sua lembrança mais antiga em relação à arte?

Acho que é tão antiga que não me lembro hahahahahahah. Minha mãe diz que desenho desde os 3 anos, mas acho que minha primeira lembrança são dos desenhos do meu pai, que também ilustra por hobby.

Como crescer no interior te influenciou? Você acha que sua mudança para São Paulo se refletiu de alguma maneira em seu trabalho?

Crescer no interior foi muito bom, sempre tive um contato muito forte com a natureza, animais. Na minha infância e adolescência não tinha internet ainda, mas sempre dei um jeito de saber das coisas, me informar, tinha amigos que eram de SP e passavam férias lá. Minha mudança para São Paulo não afetou meu trabalho, mas me fez entrar no mundo do grafite com certeza! Sempre achei legal, mas não tinha a menor ideia de como fazer. Quando cheguei aqui foi aquele choque, vi que estava na hora de me arriscar, como ilustro minha vida toda, o grafite acabou sendo uma consequência, aprendi sozinho, como a maioria das coisas na minha vida, sempre fui autodidata.

Quais são as coisas ou pessoas que te inspiram/influenciam?
 Pessoas são muitas, fica até difícil e injusto citar só algumas. Já coisas, com certeza animais, monstros (kaijus japoneses de preferencia!), música, skate, design gráfico.

Ter uma formação em publicidade te ajudou no seu caminho, por exemplo a lidar com clientes?
Me ajudou a aperfeiçoar algumas técnicas, como ilustração digital e design gráfico, mas lidar com clientes acho que não. O mundo da publicidade é muito diferente do mundo das artes e do design gráfico, na publicidade o cliente te contrata porque quer um anúncio, uma peça, e não da muita importância para suas habilidades e até mesmo opinião, ele quer que alguém execute uma ideia dele basicamente, já quando te contratam pra fazer uma ilustração , a pessoa te escolheu porque gostou do seu trabalho e confia no seu talento e bom senso. Apesar de trabalhar a muito tempo com direção de arte, vejo cada vez mais que não é isso que quero para minha vida, minha meta é poder viver apenas da minha arte.

Que tipo de trabalho te dá mais prazer? Você tem uma peça favorita?

 Acho que ilustrar e grafitar, faço muito trabalhos de design gráfico como logos, ilustrações gráficas para aplicação em produtos, que gosto também, mas minha grande paixão é a arte mesmo. Minha peça favorita é sempre a última que fiz, hahahahhha.

Você é um consumidor de arte? Como as pessoas podem conseguir um trabalho seu?

 Acho que sim, queria poder consumir mais hahahahahhaha. As pessoas podem entrar em contato através de email ou telefone mesmo, esse ano vou me organizar melhor pra começar fazer contatos com galerias.

Você ouve música enquanto cria??
 Essa é uma pergunta engraçada. Sempre escutei muita música, mas ultimamente para criar não. Quando estou em casa ligo o som, mas quando saio para grafitar não.

Qual a primeira música que você ouviu hoje?

  Sick of Goodbyes do Sparklehorse.

Em qual lugar do mundo você gostaria de pintar uma parede?

 Acho que Londres e Nova York seria muito clichês, acho que na Rússia seria legal.

Como se preparou para a fachada da El Cabriton? Fez rascunho?
Fiz sim, sempre é melhor fazer um layout porque ganha-se tempo na execução e escolha das cores.

Pintar na rua é estar sujeito a intromissões e opiniões, isso te incomoda?

 Não, é engraçado ver a reação das pessoas, sempre muito diferente uma das outras, mas geralmente elogiam. Só é chato quando você está fazendo um trabalho pra alguém e chega uma galera e pede uma lata pra fazer um picho ali também hahahahaha, ai você tem que explicar que está fazendo um serviço e tal.

Ping Pong

Vermelho ou Azul? Vermelho

 Fundo Preto ou Branco? Branco

 Analógico ou Digital? Analógico, do meu tempo.

Canetão ou Spray? Spray

Rio ou São Paulo? SÃO PAULOOOOOO

Paul Mc Cartney ou John Lennon? Lennon

 Roberto Carlos ou Tremendão? Robertão

Xuxa ou Angélica? Nenhuma

 Pitfall ou Enduro? Pitfall!

Mussum ou Zacarias? Mussum

 Chaves ou Chapolin? Chaves

Oasis ou Radiohead? Ai você me apertou… mas Radiohead.

 Sheila Melo ou Sheila Carvalho?Carvalho, o mundo é das morenas.

Churrasco ou Salada? Churras!

Pelé ou Rivelino? Não curto futebol

 Pepê ou Nenêm? Oi????


Veja detalhes dessa belezinha:

foto 1

Como achar o Kisso:
http://mondokisso.com.br
https://www.facebook.com/toshiyoka?fref=ts

A festa da fachada de dezembro acontecerá excepcionalmente  no sábado!

Quando? Dia 07/12
Onde: Rua Augusta, 2008- São Paulo
Por que? Porque você pode conferir o trampo do Kisso de perto, tomar uma cervejinha, conhecer gente supimpa e ainda fazer compras com desconto ( a loja toda com 30%!!)

Confirme sua presença AQUI!

A equipe El Cabriton agradece à Kisso pela dedicação à fachada! 🙂

Em novembro a fachada é do Júlio Vieira!

A penúltima fachada do ano está em processo de construção. O responsável desse mês é o paulista de Osasco de 28 anos Júlio Vieira.

Júlio tem um estilo próprio bem característico e trabalha com o spray, o pincel e o mouse com a mesma habilidade. Aqui na El Cabriton por 2 vezes já tivemos o prazer de produzir uma de sua criações. Sua carta feita para o Projeto 54 de 2012, acabou depois virando também uma camiseta.

Júlio começou a desenhar ainda pequeno, quando tentava reproduzir HQs que sua mãe comprava. É da infância também sua primeira lembrança em relação à arte “Minha família sempre foi muito religiosa (católica) Então, me lembro bastante da arquitetura e vitrais de igrejas, acho que isso acabou influenciando bastante minha produção atual.”.

Conheça um pouco mais sobre Júlio e sua experiência em nossa fachada:

Como é o seu processo criativo?

Depende muito do meu estado de espírito, mas no geral é bem livre, é como se fosse um descarrego visual de tudo que vi no dia. Costumo produzir melhor a noite/madrugada, gosto de me concentrar quando estou produzindo no estúdio, diferente da experiência na rua.

 

Descreva seu trabalho em 3 palavras.

Excessos, prazeres e intensidade

Como você se preparou para a fachada da El Cabriton? Fez rascunho?
Fiz algumas anotações no meu sketchbook, mas pretendo deixar o trabalho fluir a partir dessa idéia inicial.

Você já tem experiência em pintar na rua. Você gosta que as pessoas te abordem e metam o bedelho? A opinião dos passantes te influencia em algo?

Acho que não só a opinião do transeunte como o que a pintura pode representar pra pessoa. Eu gosto de ouvir o que as pessoas tem pra falar, de interagir com elas e saber o que elas acham do trabalho, principalmente quando faço pinturas na periferia que é carente de cultura. Não diria que possa influenciar esteticamente, mas o maior barato de pintar na rua é que vai muito além da pintura e é onde acontece um milhão de coisas ao mesmo tempo. Essa dinâmica influencia na minha produção.

Pintar na Rua Augusta tem algum peso para você? É diferente de pintar em um lugar menos movimentado?

A rua Augusta fez parte da minha adolescência/maior idade, a primeira vez que pintei nela foi em 2001, de lá pra cá muita coisa mudou, inclusive a própria rua e seus frequentadores. Tem um peso por representar parte de historias que vivi, mas com relação ao ato de pintar, é como pintar em outro ponto do centro! Que é diferente de pintar num local mais isolado. Independente disso que todos os locais tem seu valor.

 

Qual foi a primeira música que você escutou hoje? Você ouve música enquanto cria?

Um rock’n’roll do Velvet Underground. Voltei a escutar depois de muito tempo principalmente por causa da morte recente do Lou Reed. Gosto bastante de ouvir Jazz enquanto pinto no estúdio, me deixa mais relaxado e consigo soltar mais o traço. Quando estou na rua geralmente pinto sem música para me atentar ao que acontece ao redor.

Ping Pong

Bicicleta ou metrô? Bicicleta
Verde ou Amarelo? Verde
Coxinha ou Pastel? Coxinha
Lasanha ou Churrasco? Churrasco
Alface ou Rúcula? Tomate
Cerveja ou Água? Cerveja
Jaspion ou Changeman? Lion Man
Praia ou Montanha? Praia
Chaves ou Chapolin? Chapolin
Pitfall ou Space Invaders? Space Invaders
Beatles ou Rolling Stones? Stones
Sheila Melo ou Sheila Carvalho? Beto Jamaica
Gorgonzola ou Brie? Gorgonzola não é aquele queijo podre?
Rio ou São Paulo? São Paulo
Salgueiro ou Radiohead? Salgueiro
Mouse ou Canetão? Canetão
Spray ou Pincel? Os dois

Toda a equipe El Cabriton agradece ao Júlio pela dedicação e  trabalho incrível!
Venha conferir a fachada, trocar uma ideia e bebericar com a gente!!
Sexta, dia 08 de novembro
Das 20h às 23h
Rua Augusta,2008
https://www.facebook.com/events/554320514647627/
Esse post será atualizado com mais fotos da fachada em breve!
Imagens: https://www.facebook.com/jv.juliovieira
Encontre o Júlio : http://juliovieira.blogspot.com.br/