Priscila Barbosa é a dona da nossa fachada nº 113

Priscila Barbosa é a dona da nossa fachada nº 113

22 de dezembro de 2018 2 Por senorelcabriton

Priscila Barbosa foi a convidada para fechar o ano de 2018 com chave de ouro na fachada da nossa loja!
A ilustradora e diretora de arte paulistana, de 28 anos, é graduada em Artes Visuais pela Belas Artes e com extensões em Masculinidades Contemporâneas e Fronteiras do Feminismo: pós-colonialismo, teorias e práticas latino-americanas, ambas pela PUC-SP.

 Desenvolve um trabalho de ilustração que investiga diferentes corpos femininos e nossas relações com eles, além de trazer temas como anatomia e o corpo como potencial poético e revolucionário.

priscila barbosa


A participação de Pri nesse mês se tornou duplamente especial, pois em dezembro também lançamos a Coleção El Cabriton + Revista AzMina que tem o lucro revertido para a revista. Pri faz parte do time de ilustradoras que desenhou a coleção.

O universo feminino e botânico estão presentes nos trabalhos de Priscila em cores suaves. Mulheres fortes, guerreiras e empoderadas são retratadas com maestria. Flores, frutas ( a romã é sua marca registrada ) e plantas de todos os tipos são registrados delicadamente pelas mãos da artista que faz manifestos em muitos de seus trabalhos. Priscila começou a desenhar com guache e aquarela, mas atualmente tem utilizado cada vez mais o computador como base para realizar seus trabalhos.

Pri não tem uma vasta experiência em paredes. Mas se ela não falasse isso, jamais iríamos saber, pois ela simplesmente arrasou no trampo de fazer a fachada toda na nossa movimentada esquininha da Rua Augusta com a Alameda Jaú. (quase) Sempre de fone de ouvidos, que só tirava para bater papo com os transeuntes.

priscila barbosa

O toque final foi dado com as samambaias reais que foram penduradas nas duas paredes da loja. Foi a primeira intervenção com plantas na história do nosso projeto.

Confira abaixo um rápido bate-papo que tivemos com a artista:

1- Você se lembra qual o seu primeiro contato com arte na vida?
 Nossa! Desde muito cedo era um ponto de interesse, mas minha lembrança mais antiga é da minha primeira visita a um museu de arte sem ser uma excursão escolar. Foi na FAAP, sobre o Egito e lembro de ter insistido muito pra que a minha mãe me levasse e ela fez de tudo pra rolar. Meu pais nunca foram dessa área ou frequentadoras de espaços como aquele, então acho que foi bem marcante pra ela também na época.

Priscila Barbosa fachada
foto por @kazinhalacerda 

 2- E qual foi a sua primeira peça profissional feita? 
Jamais vou me lembrar, haha! Antes da carreira independente de ilustração eu trabalhava com grandes marcas e clientes desenvolvendo produtos então tem muita ilustra minha por aí que ninguém nem sabe que é minha!

3- Quem teve um papel importante no seu desenvolvimento como artista? Quem você admira? 
Minhas melhore amigas, Flávia e Talita tem um papel fundamental nessa construção. Somos amigas desde a adolescência e construímos nossas carreiras artísticas simultaneamente, embora em vertentes diferentes. Elas são pessoas que me motivam absurdamente e me inspiram a criar com inteligência e propósito.

priscila barbosa
foto por_estefis

4- Se você pudesse pintar um muro em qualquer lugar do mundo, qual seria? 
NY, com certeza! É a minha cidade dos sonhos e ter um muro nela seria foda demais!

priscila barbosa fachada

5- Você se inspira em mulheres reais? Familiares, amigas ou até em você mesma para desenhar personagens? 
Muito. Todo retrato é de fato, um autorretrato. Muitas vezes os retratos das mulheres que desenho tem um pouco de mim e de muitas outras mulheres que vou conhecendo pelo caminho. Acho muito potente ouvir o feedback de tantas mulheres que se veem representadas nas ilustras, isso faz toda diferença na nossa construção de beleza e na autoestima.

foto por @_estefis
priscila barbosa fachada

6- Tem alguma cor que você não usa nunca? 
Roxo, odeio, rs.

7 Qual foi a primeira música que você ouviu hoje?
Under Pressure, do Queen com David Bowie.

priscila barbosa fachada

8- Curtiu pintar na Rua Augusta? 
Demais, demais! Foi minha primeira experiência num muro de uma rua movimentada. Isso traz um adrenalina, mas também muitos desafios, principalmente da galera que anda na rua olhando pro celular hahaha! Uma das coisas mais fodas foi a interação com as pessoas, que por sinal são bem diversas. Conversei com motoboy, senhorinha, criança… de tudo um pouco. Essa presença do público é uma coisa muito diferente do que estou acostumada. A ilustração é uma atividade muito solitária, então poder estar presente enquanto as pessoas olham seu trabalho e seu processo é muito rico.


Você pode prestigiar o trabalho da artista pelo instagram @priii_barbosa   e comprar prints e outros produtos no site dela no site http://priscilabarbosa.iluria.com

Está sendo uma honra passarmos o mês todo acompanhados da arte da Pri. Nós agradecemos de coração a simpatia, dedicação e o resultado. Que venham mais paredes pelo mundo pintadas por ela!

A fachada de Priscila Barbosa fica em exposição até 14/01/2019.

Powered by Rock Convert