Lisboa: Dê um passeio virtual pela cena artística da cidade e inspire-se!

Lisboa: Dê um passeio virtual pela cena artística da cidade e inspire-se!

27 de maio de 2020 0 Por Carol

Lisboa não é só conhecida pelos bons projetos de arquitetura, mas também pelas intervenções criativas em muros e fachadas dando um dinamismo à arte urbana por toda a cidade.

Quem visita Portugal, além de querer conhecer os pontos turísticos tradicionais, sua história, gastronomia e todos aqueles itens que nós brasileiros adoramos, precisa saber que a capital também tem muita vocação para a arte e arte de rua.

Vhils, cujo verdadeiro nome é Alexandre Farto, é hoje um dos grandes nomes da arte urbana mundial. Conhecido por esculpir paredes com brocas e até explosivos, Vhils expõe seus murais através de pedaços de tijolos e concreto. 

Lisboa é a sétima cidade mais visitada do sul da Europa. E mesmo sem podermos viajar fisicamente agora, podemos visitar inúmeros espaços públicos, museus, galerias, monumentos e bairros históricos que nos trazem um pouquinho dessa cultura lusitana e valorizam seus artistas locais. Venha dar uma volta virtual criativa com a gente:

1 – Visite os museus de Lisboa sem sair de casa

Museu de Arte Contemporânea do Chiado

Os museus da cidade estão super acessíveis sem você sair de casa. Você pode visitá-los, e quem sabe, um dia, ver suas obras preferidas ao vivo! Dê uma olhada no Museu de Arte Contemporânea do Chiado, Museu Nacional do Azulejo, Torre de Belém e muito mais.

2 – Passeie pela Galeria de Arte Urbana de Lisboa

O grafite começou em Lisboa nos anos 70 como forma de protesto. Desde então, a cidade virou um museu ao ar livre, cheia de murais vibrantes, muitos feitos com apoio do governo. Por onde se passa, mesmo nos bairros históricos, podemos encontrar obras de artistas famosos mundialmente como Vhils, Bordalo II, Obey, AkaCorleone, Tamara Alves, Mário Belém e até Os Gêmeos, Blu e Sam3.

768 Ao seguir pela Rua da Madalena e subir as Escadinhas de São Cristóvão, um coletivo de artistas retratou o Fado vadio – o mural está perto dos bairros da Mouraria e de Alfama, berço da canção classificada como Patrimônio Mundial

A Galeria de Arte Urbana de Lisboa disponibiliza um site com todos os murais na cidade dividido por artistas, onde pintar, o ano da pintura, percursos a fazer, e mais. E você pode visitar todos os mapas e descobrir onde estão os graffites por região! Incrível, não?

Pso Man e sua criação no Muro das Amoreiras (Avenida Conselheiro Fernando de Sousa)

3 – LX FACTORY

O Lx Factory é bem conhecido por quem curte uma vibe mais alternativa e visita Portugal. É um super espaço com tudo o que temos direito: lojas de decoração, oficinas, restaurantes conceituais, jogos com temática burlesca, vista para o Rio Tejo, noites maravilhosas e muita coisa boa para comer. Mas em dias como os de agora, uma ótima ideia é visitar as lojas online para ter inspiração e acompanhar as novidades pelo Instagram. Quem sabe disso tudo não surgem novas ideias e projetos, hein? É lá onde a criatividade local se encontra!

LX Factory

4 – ANJOS70

A Associação Anjos70 ocupou o número 70 do Regueirão dos Anjos e criou um dos pólos culturais mais movimentados da cidade. O local possui um Art&Flea Market (uma feira de produtores) e a Rádio70, um evento em que convidam personalidades “conhecidas” para serem DJs. Além disso, há uma programação com novidades artísticas na agenda. Agora, funcionando online, é uma ótima oportunidade para conhecer designers, marcas autorais, atividades alternativas e novos criativos.

5 – FESTIVAL MURO

Ao recorrer a caligrafia, que é sua característica, Mosaik pinta a palavra música no mural

Desde 2016 acontece o Festival Muro, o maior festival de arte urbana da cidade organizado pela Galeria de Arte Urbana da Câmara Municipal. A ideia é a regeneração e valorização do espaço público e a sua apropriação por parte da população residente.

O projeto traz além das intervenções artísticas, workshops de arte urbana, conferências, espetáculos de música, teatro, performances e mais. Devido ao Covid-19, o Muro 2020 não foi realizado, mas basta dar uma volta pelos murais de 2019 para conhecer os brilhantes artistas participantes e suas histórias – já é um passeio maravilhoso!

6- GALERIA UNDERDOGS

A Underdogs é uma plataforma cultural que abrange uma galeria com duas áreas de exibição, um programa público de arte, a produção de edições artísticas e o desenvolvimento de projetos de arte sob encomenda. O espaço trabalha com uma lista diversificada de artistas portugueses e internacionais ligados ao universo da arte contemporânea de inspiração urbana, promovendo o desenvolvimento e as relações estreitas entre criadores, o público e a cidade.

No momento há uma exposição online com diversos artistas de rua como PichiAvo, Okuda San Miguel, Wasted Rita, e muitos outros, que produziram obras sobre sua realidade e circunstâncias atuais, onde quer que estivessem, durante o período de confinamento. As obras foram criadas exclusivamente com os materiais e mídias que tinham à mão, enquanto estavam fora de suas zona de conforto habituais.

Ernest Zacharevic – Bedroom Monstera, 2020

DICA: Que tal estender essa ideia e visitar virtualmente murais, projetos, museus e galerias do Brasil ou de lugares que você gostaria muito de conhecer pelo mundo? Existem inúmeras iniciativas legais acontecendo. A gente quis mostrar Lisboa porque é um local cheio de energia criativa e muita coisa continua rolando criativamente falando, mas poderia ser facilmente São Paulo, Rio de Janeiro, BH, seu bairro, NY, Cape Town, etc!

O que queremos dizer é: tenha um novo olhar para a arquitetura, para a arte, para as galerias, novos negócios e inspire-se com artistas, conteúdos gratuitos e como outros países/pessoas tem lidado com o momento. E sim, mande dicas para nós, os Cabriton agradecem!

el cabriton camisetasPowered by Rock Convert