Bate-papo com Debora Islas

Bate-papo com Debora Islas

5 de agosto de 2019 0 Por senorelcabriton

Humor, temáticas feministas e da natureza, além de explorar várias formas e ferramentas fazem parte da essência do trabalho da ilustradora Débora Islas. Conheça nossa coleção exclusiva com a artista! 

camiseta por Debora Islas

Camiseta Unisex ‘Girls do not dress for boys’ para El Cabriton 

Débora Islas já foi assistente de dentista, atendente de help desk, revelou foto analógica e até criou lembrancinha de velório! Começou a trabalhar quando tinha 16 anos, mas a ilustração veio antes de qualquer outra coisa. Ela é que foi resistente em abordá-la como atividade profissional.

Sua prioridade, no início, foi encontrar algo que tivesse um retorno financeiro mais imediato e um pouco mais garantido. Na época, em 2006/2007, o design gráfico era algo que se mostrava inovador, uma profissão com muita demanda e criatividade, e por isso seguiu esse caminho.  

Assim que concluiu a graduação, logo começou a trabalhar em revistas: passou pelas principais editoras do país e aprendeu na prática tudo o que acontece nos bastidores da produção editorial. Desde a reunião de pauta, contratação de freelas, até a impressão na gráfica. “Sem dúvida foi o período em que vivi mais sonhos”, diz Débora.

Pautar e acompanhar fotos com modelos e celebridades, visitar locações, fazer viagens, buscar referências, pautar ilustradores, ter acesso a conteúdos exclusivos e conhecer gente muito talentosa fazia parte do seu dia-a-dia. Depois de mais de uma década numa rotina nada calma, ela decidiu dar um tempo. Planejou, economizou, e pediu demissão. “Não foi fácil abandonar um bom cargo na maior revista feminina do Brasil, mas foi a melhor coisa que eu fiz”.

ilustrações por debora islas

Já nas primeiras semanas em casa, parecia que ela precisava reencontrar o desenho. Eram tantas coisas pra experimentar, tantas ferramentas novas, tantas inspirações.

A princípio Débora não imaginava que a maioria dos seus freelas seriam relacionados à ilustração e não ao design. “Comecei a postar alguns processos no Instagram e o interesse das pessoas só aumentou. Hoje, 90% dos meus trabalhos são voltados para o desenho”.

detalhes de ilustrações por debora islas

Carol Moré, do FTCMAG, conversou com a ilustradora. Confira o bate papo sobre carreira, inspiração e mais: 

Qual foi seu momento “a-ha!”, seu estalo, para começar a criar o estilo de arte que hoje apresenta? 

Débora Islas: Não acho que sigo um único estilo. Apesar de algumas pessoas falarem que conseguem identificar minha arte (seja ela colagem, pintura manual ou ilustração digital), eu gosto mesmo é de explorar várias formas e ferramentas. Como viver uma vida ilustrando retratos realistas quando se pode também produzir um cenário lúdico infantil? 

O fato de ter pautado muitos artistas me fez ter contato com muitas técnicas e traços diferentes. A vontade de experimentá-los é natural.

ilustrações por Debora Islas

Qual a relação das cores nas suas ilustras? E os temas abordados?

Pra mim, se a foto não é boa em preto e branco, provavelmente ela também não será boa com nenhum filtro mágico. O mesmo acontece com a ilustração. Me preocupo com as formas e os contrastes e depois as cores. Geralmente, me agradam os tons pastel. Temáticas feministas e da natureza são os que mais me atraem. Adicionar um tom sarcástico ou de humor também faz parte da essência.

ilustrações por Deboa islas

FTC: Você desenha, lança produtos ilustrados e agora tem camisetas exclusivas na El Cabriton. O que te dá mais prazer no seu trabalho? E o que dá menos?

Para ilustrar, você não precisa de quase nada. Não precisa de grandes equipamentos ou de tecnologia de última geração. Só precisa ser um grande observador. Esse é o maior prazer de ilustrar. E ver outras pessoas literalmente vestindo aquilo que você fez é ainda mais gratificante e motivador.

O que mais consome a energia é lutar contra quem quer tirar vantagem do trabalho alheio.

Viver de ilustração não é nada fácil. Pra piorar, existem pessoas que simplesmente se apropriam do seu trabalho e vendem como se fossem delas. Já aconteceram casos mais leves, como postar sem autorização e sem crédito na internet, e casos mais graves, como imprimir ilegalmente a ilustração em quadros, apagando a assinatura, e vendendo em lojas físicas e e-commerce.

ilustração por debora islas

FTC: O que tem lido, ouvido, visto, quais são os artista preferidos no momento? 

Recentemente comprei a versão em português dos livros de uma coleção ilustrada pela Nina Cosford (sou fã!) por Zena Alkayat, com a biografia de 4 mulheres (Coco Chanel, Frida Kahlo, Jane Austen e Virginia Woolf). Lindo e inspirador. 

Através de um trabalho que está em andamento, também tive a oportunidade de conhecer e ler histórias de muitas personagens femininas que contribuíram e estão ligadas a São Paulo, como é o caso de Mirthes Bernardes, criadora do famoso “piso paulista”, que nunca recebeu dinheiro pelo desenho e até hoje não tem seu trabalho reconhecido.

Uma das vantagens de trabalhar com imagem e não com texto, é poder ouvir podcasts ou entrevistas enquanto produzo. Dos últimos que ouvi, destaco os que falaram dos 50 anos do pouso na Lua, mencionando Katherine Johnson, também retratada no filme “Estrelas Além do Tempo”.

ilustrações por debora islas
camiseta com estampa "Dramática"por Debora Islas para El Cabriton

Camiseta Unisex ‘Dramática Ela’ para El Cabriton 

Na fotografia, não tem quem não se encante com o trabalho de Sebastião Salgado. Mas eu fico ainda mais emocionada quando conheço um pouco da vida particular desses ídolos e percebo que são também ativistas. O mesmo aconteceu com Fernando Meirelles. O seu engajamento em prol do meio ambiente é motivador.

E por falar em natureza e arte, visitei pela primeira vez, este ano, Inhotim. Que lugar mágico! Muitas pessoas ainda estão desinformadas e com medo de visitar a cidade. Mas o museu fica afastado da área afetada em Brumadinho. Esse lugar precisa ser visitado! 

Tem um documentário bem bacana na Netflix (que já é de 2017), chamado “Abstract: The Art of Design”, que mostra alguns profissionais de áreas diferentes do design. Gosto muito do episódio com a Paula Scher.

A Lucila Dominguez é uma artista argentina que faz lindos murais botânicos. E ela está com um curso no Domestika, bem didático e proveitoso. Adorei aprender um pouco mais.

ilustração floral por Debora Islas
ilustrações de cachorro por Debora Islas

E agora, o que vem pela frente?

Estou finalizando um trabalho de ilustrações para um e-book muito especial, que poderei divulgar em breve. Constantemente tenho colaborado com ilustrações em revistas. Para o mês de  agosto já concluí trabalhos para dois títulos.

Acabei de entregar alguns desenhos que farão parte de um livro com engajamento social.

Pra quem é de São Paulo, também vendo prints já em molduras numa parceria com a Arte Maxx.

E pra quem quer acompanhar um pouco do meu dia-a-dia, no Instagram sempre posto desenhos autorais e compartilho partes do processo. Também estou no behance.

Camiseta ‘Tão linda que parece um boleto pago’ para El Cabriton 

ilustrações por Debora Islas
amiseta com a estampa ser mulher é ter coragem por Debora Islas

Camiseta Unisex ‘Ser Mulher é ter Coragem’ para El Cabriton 

Bom gente, nem precisamos dizer mais nada, né? O trabalho de Débora Islas é pura inspiração! 

Veja a coleção completa El Cabriton + Debora Islas clicando AQUI

Este post foi criado em parceria com o FTCMag. Todo mês você encontra essas e outras matérias incríveis por aqui! Acompanhe!

el cabritonPowered by Rock Convert
el cabriton camisetasPowered by Rock Convert